Rosa Violet Carson/Português

From eRepublik Official Wiki
Jump to: navigation, search
Languages: 
EnglishIcon-English.png
PortuguêsIcon-Portugal.png
Portugues BrasileiroIcon-Brazil.png


Dead citizen.png
Dead citizen

Rosa Violet Carson

130 Message  · Wiki

Citizen1773643.jpg
eRepublik AmbassadoreRepublik Elite Citizen
Society
Nationality Flag-Serbia.jpg Serbian
Date of birth 14 de Agosto de 2009
Dia 634
Date of death 23 de Abril de 2019
Dia 4,171
(discovered)
Residence Belgrade
Sex Masculino
Faith Dioist
Newspaper Magna Veritas.jpg Magna Veritas
Politics
Congressista of Brasil
25 de Junho de 2010 – 25 de Julho de 2010
Presidente do Partido of Partido Igualdade e Liberdade
Maio de 2010 – Junho de 2010
Preceded by Raphael Louis Habsburg Bourbon
Succeded by Maria Alice Vergueiro
Presidente do Partido of O.D.I.N.
Agosto de 2010 – Setembro de 2010
Preceded by dinossauro
Succeded by Waxton
Presidente of Brasil
5 de Abril de 2011 – 5 de Maio de 2011
Preceded by RafaellaBr
Succeded by mmbeuren
Military
Rank Icon rank Titan*.png Titan*
Aircraft rank Squadron leader 3.png Squadron Leader***

Ryan Cullen é um cidadão brasileiro. Bastante ativo na mídia e na política eBrasileira, já foi Presidente do Brasil, Diretor da ABAI, Congressista, Presidente de Partido e ocupou diversos Ministérios nas mais variadas ocasiões.

Nascimento

Ryan Cullen nasceu em Parana and Santa Catarina, Brasil, no dia 14 de Agosto de 2009, convidado por Trautmann K.

História

Ryan Cullen contando com você

Ryan Cullen, logo que pôde, entrou no Partido Igualdade e Liberdade, que na época não estava no TOP5 dos partidos políticos brasileiros, em termos de membros. A entrada oficial no partido, baseada no seu primeiro post no fórum, se apresentando perante os demais membros, foi no dia 23 de Setembro de 2009. No início, não era muito participativo, fazendo apenas os "2-clicks" no eRepublik e passando assim muito tempo no anonimato partidário. Mas aos poucos, começou a interagir com os demais membros do seu partido, começando assim a se engajar nos projetos que lhe eram apresentados.

Um desses projetos que participou, que não teria chamado muita atenção se não fosse pelo escândalo que aconteceu, foi a Cooperativa do PIL (também conhecida como CooPIL). Esse projeto deu um pequeno lucro no mês inicial, mês em que Ryan trabalhou. Depois do primeiro mês, ele se afastou espontâneamente, por causa de um roubo que ocorreu (Amen-Hotep/Calayon). Ryan foi um expectador inocente nessa história, mas para não manchar o seu nome, parou de lidar com projetos partidários que envolvam dinheiro, fato que persiste até hoje.

Nesse meio tempo, criara o seu jornal, dedicado a fazer tirinhas sobre o eBrasil. Como não deu muito certo, decidiu fazer outra abordagem: tutoriais. Nascia assim o Magna Veritas, em meados de Outubro de 2009. Ainda nesse mesmo mês, durante o Governo Marco Polo, foi Tutor de Novatos, ajudando diversos novos jogadores que lhe foram designados.

Mais tarde, por volta de Dezembro de 2009, já era Embaixador do Brasil no Chile, fazendo parte da ABAI - a Agência Brasileira de Assuntos Internacionais. No dia 15 de Dezembro de 2009 começou oficialmente o seu trabalho como Embaixador, elaborando e postando o seu primeiro relatório.

Grande entusiasta da área social-política, Ryan Cullen foi nomeado Diretor da DAI - Diretoria de Assuntos Internacionais do PIL em 16 de Fevereiro de 2010. Por problemas diplomáticos (Ryan não podia privilegiar apenas alguns partidos representando o PIL, pois era Embaixador do Brasil) a Diretoria só foi entrar em pleno funcionamento em meados de Junho de 2010, com Ryan Cullen e Peoge na liderança.

Em Março de 2010, fez sua primeira gestão como Ministro das Comunicações, ao lado da Maria Alice Vergueira (mais conhecida como MAV). Como era iniciante, não fez nada de notável, mas cumpriu bem o que lhe foi exigido. No mês seguinte, em Abril de 2010, foi novamente Ministro das Comunicações, dessa vez assumindo sozinho e fazendo todo o trabalho. Inovou no layout dos artigos do Ministério, e seu trabalho teve uma boa recepção por parte da população brasileira.

Na eleição para Presidente do Partido do PIL, em Maio de 2010, Ryan Cullen concorreu e venceu, por uma larga vantagem. Ryan foi eleito com a proposta de "Reestruturação Interna", objetivo esse que cumpriu muito bem - na visão de muitos de seus partidários. Por acreditar na renovação de lideranças, preferiu não tentar a reeleição, e voltar a assumir o seu papel de membro do PIL, como sempre foi. A única polêmica durante o seu mandato foi a chamada "coligação PMB - PIL - PRO e UB". Alguns apressadinhos oficializaram a legenda antes que Ryan tivesse tempo de conversar com seus correligionários do PIL, fato que causou um grande mal-estar interno. Depois, na base da conversa, foi tudo esclarecido, mas Ryan nunca mais se sentiu 100% em casa. A desconfiança e agressões de seus supostos que surgiram logo na primeira dificuldade o marcaram demais.

Durante o Governo Reshev Villanova (Maio de 2010) foi Ministro das Relações Exteriores (MRE, mais conhecido como MoFA) pela primeira vez. Assim como na primeira gestão do MdC, também não fez nada de notável, cuprindo apenas a sua obrigação e adquirindo experiência. Além de MoFA, foi nomeado Diretor da Agência Brasileira de Assuntos Internacionais (ABAI).

Em Junho de 2010, durante o Governo Jazar, já com bastante experiência, teve forte participação na política, sendo responsável pela renovação de todos os MPP's brasileiros, além de fazer a parte social, concedendo entrevistas, participando dos canais da PHOENIX, etc. Foi convidado a permanecer no cargo de Diretor da ABAI (cuja nomeação havia se dado no mês anterior) e aceitou.

Em Julho de 2010, promoveu uma reforma em seu jornal, apresentando um novo layout para a população, mas mantendo o nome. Foi muito bem recebido. Na transição das Versões (V1 > Rising), entrou para o Exército Brasileiro, tornando-se Soldado, e integrou-se ao Batalhão Urutu (os antigos pelotões foram abolidos), migrando suas skills para Tank (militar) e Technician (profissão).

Devido a sua grande experiência, Jazar foi escolhido para ser o Presidente do País durante a transição da V1 para o eRepublik Rising. Jazar optou por manter praticamente toda a equipe do mandato anterior, acrescentando alguns nomes novos e retirando outros. Sendo assim, Ryan Cullen, em Julho de 2010 foi novamente MoFA do Brasil e também continuou na Direção da Agência Brasileira de Assuntos Internacionais. Nesse meio tempo, continuava a excercer o seu cargo de Congressista. Paralelamente à isso, começava a se desligar do Partido Igualdade e Liberdade (PIL) e se aproximar da Organização em Defesa dos Interesses Nacionais (ODIN). Alegando problemas na RL, e pouco divertimento (segundo ele, o eRepublik por ser um jogo deve proporcionar diversão, e o mesmo já não a encontrava mais), Ryan Cullen se desligou oficialmente do PIL no final de seu mandato de Congressista, concluindo assim a sua segunda participação no Congresso Nacional.

Após os dois mandatos do Jazar, o Vigon (Vigoncalves86) assumiu a Presidência do Brasil, e manteve o Ryan no Ministério das Relações Exteriores e na Diretoria da ABAI. A sua gestão no Ministério foi tranquila em sua maioria (um dos pontos altos foi o Summit BR-UK, idéia sua, que era uma reunião entre os gabinetes dos dois países, para trocarem conhecimentos e estratégias), sofrendo algumas turbulências mais no final, quando o Brasil cogitou sair da PHOENIX. Na ABAI, foi o seu melhor mês de longe, pois todo o planejamento do mês anterior deu certo. A reestruturação, de fato, funcionou. Ryan, o então Diretor da Agência, contou com uma equipe ativa e trabalhadora, chegando a abrir Embaixadas em quase toda a América Latina, além de na Indonésia, Sérvia e Inglaterra.

Após esse mandato, foi a vez do JohnPand (Lazarus) assumir a Presidência, convidando o Ryan Cullen a permanecer no Ministério mais uma vez. Era a quinta vez de Ryan no Ministério das Relações Exteriores! Agora já com bastante experiência, atuou diretamente em diversas conversas diplomáticas, sempre levando as informações coletadas ao Presidente. Com o sucesso do Summit BR-UK, buscou realizar mais uma edição deste encontro, dessa vez envolvendo mais países. Na primeira quinzena de Setembro, entrou para o CAT, o Comando de Apoio Tupiniquim, uma milícia brasileira que atuava bastante no Exterior.

Quando Wakko foi eleito, Ryan Cullen assumiu, pela primeira vez, o Ministério do Social (também chamado de Assistência Social). Após cerca de 6 dias nesse Ministério, Wakko sofreu um Impeachment por causa de sua inatividade, e Ryan foi convidado para assumir o Ministério do Desenvolvimento Social (um Ministério inédito até então, Ryan foi o primeiro a assumir esse cargo), cujo trabalho era tornar o Ministério das Comunicações, do Social e da Educação os mais eficientes possíveis.

Em Outubro de 2010, durante o Governo Hugan, foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras (ABL). A Academia foi fundada oficialmente no dia 23 de Outubro de 2010, e Ryan foi eleito como um dos 5 primeiros membros vitalícios. Paralelamente a isso, ajudou também a fundar o Centro de Desenvolvimento Jornalístico (CDJ). O CDJ foi fundado junto com a ABL, e Ryan foi um dos primeiros jornalistas a integrar o grupo.

Em Novembro de 2010, foi convidado por Marcelo Braga, o candidato que ganhou as eleições nesse mês, para exercer o cargo de Ministro da Educação, um Ministério novo, criado pelo Hugan no mês anterior. Ryan aceitou ser o primeiro Ministro do MdE, ao lado de LucasFranks, mas permaneceu menos de uma semana desse cargo, devido ao Impeachment que Marcelo Braga sofreu. Ryan posteriormente viria ajudar o Ministério da Educação muitas vezes, mas como voluntário espontâneo, não mais como Ministro.

Após Marcelo Braga ter sofrido Impeachment (pedido pelo mesmo, alegando que não teria tempo para o eRepublik) do Congresso Brasileiro, quem assumiu foi o Vigoncalves86, colega de Ryan no ODIN. Ryan assumiu então, pela primeira vez, o cargo de Vice-Presidente do Brasil.

No mês seguinte, em Dezembro de 2010, Ryan Cullen tomou a frente do Gabinete da Educação & Comunicações, idealizado por ele mesmo e contando com o apoio do Sulejmani, o Presidente eleito nesse mês. Sulejmani foi eleito com incríveis 1030 votos, contra 325 do segundo colocado. Em janeiro de 2011, durante o Governo Nihoof, Ryan continuou a frente do GaEC, como Ministro-chefe.

Em Fevereiro, Ryan Cullen foi convidado a continuar, mais uma vez, no GaEC por Ayato, o Presidente eleito nesse mês. Recusou o cargo, pois iria sair de férias na vida real (e saiu, de fato). Ayato também sofreu impeachment com pouco tempo de Governo, e deu lugar a Fernando Sucre, o segundo mais votado em Fevereiro.

Voltando a ativa, em Março de 2011, Ryan assistiu RafaellaBR ser eleita a Presidente do Brasil, a primeira mulher a ocupar esse cargo até então, desbancando o seu colega de partido Gulitiwi. Ryan se via novamente no papel de oposição bem, função que conduziu exemplarmente, criando diversos tópicos de fiscalização na área interna de seu partido. Dedicou também uma grande parte do mês na elaboração de sua candidatura a Presidência em Abril, que viria a ter sucesso.

Em Abril de 2011, Ryan Cullen foi eleito Presidente do Brasil, com 955 votos (44.40%), desbancando Aritex, Vice-Presidente no Governo anterior. Aritex era um grande favorito, estava com moral alta perante a população devido ao fato de ter sido ele que de fato conduziu o País no mês de Março. Aparentemente isso não foi o suficiente, e Ryan levou a melhor. Ao amanhecer do dia 6, Ryan assumiu o País com uma bomba no colo, logo no primeiro dia de Governo: o coração do País, a lendária região North of Brazil, estava sendo atacado. A batalha foi perdida, e em seguida a Espanha atacou outra região de extrema importância, Center West. Dessa vez não lograram sucesso e Ryan, contando com apoio da TERRA, defendeu CW e trouxe NoB de volta para mãos brasileiras. Foi o coroamento de uma estratégia cuidadosamente elaborada por sua equipe, e que teve êxito graças a população brasileira (tanto Exército quanto milícias e civis) e aos aliados da TERRA, que deram o sangue nessas duas batalhas cruciais.

Em Maio de 2011, apenas um partido apresentou um candidato sério a Presidência: a Aliança Nacional Progressista (ANP), que lançou o mmbeuren. O ODIN, partido do Ryan, lançou o Jazar como reserva. O mmbeuren foi eleito, mas logo em seu primeiro dia de Governo, ele roubou o País, zerando o caixa do Controle Nacional e do Fundo Monetário Nacional, transferindo todo o dinheiro para a sua conta. Jazar e Ryan Cullen se uniram em uma exaustiva jornada para reaver o dinheiro roubado, enviando tickets, entrando em contatos com moderadores e super-moderadores e tentando acalmar a população no fórum/IRC. Ryan teve o seu ticket respondido primeiro, e logo tratou de divulgá-lo: ele informava claramente que todo o dinheiro do Governo tinha ido para a conta do mmbeuren (os golds roubados haviam sido convertidos em moedas e depois transferidos). A resposta de seu ticket foi fundamental para provar a culpa do então Presidente do Brasil. O Jazar, posteriormente, conseguiu reaver grande parte desse dinheiro, e os seus tickets - também de grande importância - reforçaram o que havia sido dito para o Ryan, o ladrão era o mmbeuren. Então, após todo esse escândalo, mmbeuren sofreu impeachment, e Jazar assumiu a Presidência pela quarta vez. Ryan Cullen foi designado para o Ministério da Educação, aonde fez um mandato mediano (conseguiu manter regularidade na publicação dos artigos, mas pecou na inovação).

No dia 5 de junho acabou o seu mandato como Ministro, e Ryan passou a se dedicar 100% ao seu jornal e ao Congresso (ler "Atividade Política").

Após cerca de 6 meses fora, Ryan Cullen retornou ao jogo, em Janeiro de 2012. Dedicou-se, inicialmente, a "botar ordem na casa" do seu partido, e a re-organizar as suas empresas e criar novas (ver seção Empresariado". Em Fevereiro Ryan foi eleito novamente Congressista (ver mais detalhes em "Atividade Política"), além de ter sido convidado a voltar, novamente, ao Ministério das Comunicações, dessa vez no cargo de Conselheiro do MdC do Governo Gislaine. Mas, na prática, atuou como Ministro, criando e publicando artigos. Além disso, ainda em Fevereiro, foi convidado para assumir o posto de Vice-Diretor da ABAI, auxiliando com a sua grande experiência. A Agência estava tentando, mais uma vez, "voltar à vida".

No dia 12 de Março de 2012, se desligou da Vikings (a milícia estava sendo paralisada por dificuldades em manter a distribuição diária). No dia seguinte, 13 de Março, entrou oficialmente na TROLLS, a convite do ilustre BIG GIL. No dia 28 de Março, não tendo visto nenhum progresso realmente significativo na reestruturação da ABAI (haviam algumas coisas sendo feitas, mas a passo de tartaruga), Ryan se demitiu da Agência (também contribuiu para isso o fato de ter começado faculdade na RL).

Em Abril de 2012, incentivou e participou ativamente da grande reformulação pela qual o seu partido (ODIN) participou, criando o cargo de Jarl, ajudando a formar as equipes, entre outras coisas. Promoveu, em parceria com seus correligionários, uma retomada do marketing nórdico e contribuiu para o Manuscrito de ODIN "ressucitar", após um bom período sem publicar artigos, com exceção dos de praxe (Congresso).

Em Julho de 2012, após o Impeachment do então Presidente kuarw, Gulitiwi assumiu, e Ryan Cullen foi nomeado como um dos Ministros das Comunicações.

Em Setembro de 2012, entrou para a Comissão de Cidadanias do Congresso. Quatro pessoas compuseram a Comissão, e Ryan foi o mais votado na enquete para definir esses membros.

No mês de Outubro de 2012, com a criação dos Títulos Políticos, Ryan Cullen se tornou o primeiro Secretary General da Organização em Defesa dos Interesses Nacionais, o ODIN.

Jornalismo

Ryan Cullen newspapers logo

O Magna Veritas foi fundado em Outubro de 2009. Foi o sucessor de um jornal dedicado a tirinhas sobre guerras e outros acontecimentos militares, chamado Papel de Chumbo, que não deu muito certo. Inicialmente o Magna Veritas era focado na publicação de tutoriais e na tradução de artigos estrangeiros, em sua maioria tutoriais também. Os jornais The Buck Starts Here, do cidadão grego Buck Roger, e o Telegraph, do britânico James Glover, foram grandes influências nesse sentido. No Brasil, Ryan Cullen sempre idealizou o Terra Brasilis, jornal do seu compatriota Cavalcanti. Aos poucos, o conteúdo do jornal começou a se diversificar, passando a fazer artigos de opinião, noticiar acontecimentos de época (como o banimento de Brod King), análises dos Governos na forma de um projeto intitulado Promessômetro, a Cullen's Magazine ("revista" de publicação mensal que reúne informações diversas da atualidade), iniciou e completou a Saga Grandes Alianças (coletânea de artigos contando a história das maiores alianças do eRepublik), etc.

O Magna Veritas tinha quase 400 assinantes quando Ryan Cullen inscreveu-o num programa de Media Mogul do Governo Brasileiro, que tinha como finalidade incentivar a mídia nacional e doar o gold arrecadado com a medalha ao Controle Nacional (org estatal). O projeto garantiu cerca de 500 assinaturas novas, que foram insuficientes para atingir as 1000 necessárias para obter a medalha de Magnata da Mídia. Ryan conseguiu, com artigos próprios, essa medalha, mais de mês após o término do projeto. Quando conseguiu a sua primeira MM, fez um artigo com prints, deixando bem claro que tinha cumprido o objetivo do programa, doando o gold conseguido ao Controle Nacional, mesmo tendo conseguido as assinaturas que faltavam sozinho.

O número de assinaturas do Magna Veritas já quase atingiu a marca de duas mil (2000), porém, com a remoção das ORGs do jogo e da morte de muitos cidadãos - o que faz os jornais serem unsub - além do fato de Ryan ter parado por longos 6 meses, esse número caiu gradualmente para cerca de 600 assinaturas. Com a volta ao jogo em Janeiro de 2012, Ryan tenta correr atrás do prejuízo, e já reconquistou várias assinaturas.

Playmobil Enterprises logo

Empresariado

Ryan adentrou o mundo empresarial em 3 de Fevereiro de 2011, quando criou a Playmobil Iron, a primeira empresa do conglomerado Playmobil Enterprises.

Antes de serem feitas novas mudanças no módulo econômico, Ryan contava com 4 empresas: a Playmobil Iron, a Playmobil Grains, a Playmobil Weapons (Q1) e a Playmobil Food (Q1).

As mudanças entraram em vigor no dia 1269 do Novo Mundo. Nesse dia, foram introduzidos as Food raw material e as Weapon raw material. As empresas de Iron, Weapons e Food de Ryan permaneceram iguais, porém a de Grain virou uma de Fish. Ryan também ganhou 3 empresas de Grain do Plato, além de mais uma de Food.

Ficou, no total, com 8 empresas.

Quando Ryan voltou ao jogo, em Janeiro de 2012, após muitos meses fora, ele reconstruiu algumas empresas que tinham sido vendidas no dia em que saiu do jogo. Ele contava com 3 empresas de grain, e criou mais 3, além de uma de Iron (todas Q1).

Em Abril de 2012, reformulou totalmente o seu (pequeno) conglomerado de empresas, dissolvendo as empresas de Grain e de Aluminiun, criando dezenas de empresas de Cattle e Saltpeter, aproveitando os bônus que o Brasil tinha na época (possuía o controle de regiões espanholas e africanas).

Ryan Cullen é um dioísta

Religião

Ryan Cullen é adepto do Dioismo, seguidor dos ensinamentos propagados pelo Supremo Imperador do Paquistão Dio Brando.

Junto com Waxton e Thaydi, fundou a Inquisição Dioista no Brasil, uma Ordem que tinha como objetivo ir atrás de todos brasileiros que ousassem blasfemar contra o nome sagrado de Dio Brando. Esta Ordem utilizava uma org com jornal para tornar de conhecimento público as heresias proclamadas contra Dio. Esse jornal era ricamente ilustrado, e seus artigos eram do gênero roleplay (histórias ficticias desenvolvidas em cima de acontecimentos reais no eRepublik). As imagens utilizadas para representar os Inquisidores eram do jogo Assassin's Creed: Brotherhood. Dentro da Inquisição, Ryan Cullen é o Inquisidor-Mor, o principal responsável pelos artigos da Ordem.

Além da Inquisição, ajudou a organizar, em parceria com o Mazarino, uma "igreja" dioista no Brasil, com diversos títulos para os partidários mais fiéis. Nenhum artigo chegou a ser feito, mas os títulos foram internamente distribuidos. Ficou assim: Grão Aiatolá - Reshev Villanova; Aiatolá - Jazar; Califa - Hugan; Grão Vizir - Ryan Cullen; Vizir - RizonPT (foi excomungado posteriormente, por ter lesado financeiramente o eBrasil); Imã - Mazarino; Muezim ("Reverendo") - Thaydi; Xeque - Carpanese; Amira (princesa) - Lisbela; Xá - Booh e Emir - Roger-Myr.

Retomou a parceria com o Mazarino mais tarde, e dela nasceu a Irmandade Dioista do eBrasil ou, simplesmente, Irmandade Dioista. Ela foi fundada em Julho de 2012, como uma organização não-governamental, sem nenhuma ligação com partidos ou milícias. Um grupo onde reina a amizade e o respeito mútuo entre os seus integrantes, que buscam o melhor para o País. Uma sociedade discreta, mas de caráter aberto, onde qualquer indivíduo pode fazer parte, se possuir perfil compatível com a organização (adepto da Fé).

Foi fundada oficialmente no dia 1,672 do Novo Mundo. Porém, só foi começar a tomar forma no dia 1.700, quando a Irmandade começou a receber os seus primeiros membros.

Atividade Política (Partidos)

Entrou para o Partido Igualdade e Liberdade (PIL) logo que teve level para tal, na sua primeira semana no eRepublik. Entrou para o partido por se identificar fortemente com os ideais propagados pelo mesmo, e pelo aprendizado enorme que proporcionava (contato com diversos jogadores, trocas de experiências, etc).

Em Fevereiro de 2010, elegeu-se Congressista pelo PIL com 25 votos, em Parana and Santa Catarina. Era a sua primeira vez no Congresso Nacional. Já em Junho de 2010, elegeu-se Congressista pelo PIL novamente (2ª vez), dessa vez em North of Brazil (NoB), com 91 votos, sendo o terceiro mais votado.

Em seguida, em Julho de 2010, junto com o término de seu segundo mandato de Congressista, se desligou oficialmente do Partido Igualdade e Liberdade (PIL). Logo depois, entrou para a Organização em Defesa dos Interesses Nacionais (O.D.I.N.).

Em Agosto de 2010, assumiu a Presidência do ODIN, e conseguiu completar quase todas as suas metas propostas no momento de sua candidatura (4/5).

No dia 5 de Abril de 2011, foi eleito Presidente do Brasil, tendo se candidatado pelo ODIN e contando com o apoio formal do Partido Democrata Brasileiro (PDB) e do Partido Social Democrata (PSD).

Em Maio de 2011, foi eleito Congressita pela terceira vez, dessa vez pelo ODIN. Concorreu por Southeast of Brazil e, com ? votos (painel bugado), foi o candidato mais votado a nível nacional.

Em Janeiro de 2012, elegeu-se Congressista pela quarta vez, pelo ODIN novamente. Concorreu em Center West, e entrou como "Wildcard" - pela primeira vez - tendo recebido 20 votos.

Em Fevereiro de 2012, elegeu-se Congressista pela quinta vez, pelo ODIN mais uma vez. Concorreu em Center West, e entrou denovo como "Wildcard", tendo recebido 18 votos.

Em Abril de 2012, elegeu-se Congressista pela sexta vez, pelo ODIN. Concorreu em Center West, e foi o segundo mais votado da região, com 21 votos.

Em Maio de 2012, elegeu-se Congressista pela sétima vez, pelo ODIN. Concorreu em Center West, entrando como Wildcard, ao receber 22 votos (empatou com o segundo mais votado da região).

Em Junho de 2012, elegeu-se Congressista pela oitava vez, pelo ODIN. Concorreu em Center West, e foi o mais votado da região, tendo recebido 23 votos.

Em Julho de 2012, elegeu-se Congressista pela nona vez, pelo ODIN. Concorreu em Center West, e foi o mais votado da região, tendo recebido 20 votos.

Em Agosto de 2012, elegeu-se Congressista pela décima vez, pelo ODIN. Concorreu em Center West e foi novamente o mais votado da região. Recebeu 26 votos.

Em Setembro de 2012, no novo sistema de eleição, Ryan ocupou o 3º lugar da lista do ODIN, e foi eleito.

Medalhas

Icon achievement freedomfighter on.gif
Freedom Fighter (x14)
Icon achievement hardworker on.gif
Hard Worker (x89)
Icon achievement congressman on.gif
Congress Member (x17)
Icon achievement president on.gif
Country President (x1)
Icon achievement mediamogul on.gif
Media Mogul (x1)
Icon achievement battlehero on.gif
Battle Hero (x48)
Icon achievement skyhero on.gif
Sky Hero (x2)
Icon achievement campaignhero on.gif
Campaign Hero (x1)
Icon achievement resistance on.gif
Resistance Hero (x9)
Icon achievement supersoldier on.gif
Super Soldier (x676)
Icon achievement society builder on.gif
Society Builder (x1)
Icon achievement mercenary on.gif
Mercenary (x4)
Icon achievement top fighter off.gif
Top Fighter (x0)
Icon achievement truepatriot on.gif
True Patriot (x108)
Icon achievement prestigehunter off.gif
Prestige Hunter (x0)
Icon achievement party president on.gif
Party President* (x2)


Off topic

Envelope icon.png Mande uma mensagem para Ryan Cullen! http://www.erepublik.com/en/citizen/profile/1773643

Icon adv vote.png Vote em Ryan Cullen em qualquer eleição que ele se candidatar! :P

Icon happiness.png Adicione o Ryan Cullen como amigo ;)