Guerra EUA-México

From eRepublik Official Wiki
< USA-Mexico War
Revision as of 06:36, 26 August 2016 by Munganga (Talk | contribs)

(diff) ← Older revision | Latest revision (diff) | Newer revision → (diff)
Jump to: navigation, search
Languages: 
EnglishIcon-English.png
PortuguêsIcon-Portugal.png
Portugues BrasileiroIcon-Brazil.png


Guerra EUA-México
BlankMap-World.png
Date 26 Fevereiro 2009 –
4 Maio 2009
Location México
Result Vitória mexicana
Acordo de Baja
Belligerents
Flag-USA.jpg USA Flag-Mexico.jpg Mexico Lutadores voluntários de:
Flag-Hungary.jpg Hungary
Flag-Brazil.jpg Brazil
Flag-Theocratic Switzerland.jpg Switzerland
Flag-Chile.jpg Chile
Flag-Argentina.jpg Argentina
Flag-Bulgaria.jpg Bulgaria
Flag-Netherlands.jpg Netherlands
Flag-PEACE.jpg PEACE
Flag-Workers' Militia.jpg Workers' Militia
Commanders and Leaders
Flag-USA.jpg Uncle Sam Flag-Mexico.jpg giles
Mexico-usa-flag-montage.jpg

A Guerra EUA-México foi declarada pelo Presidente americano, Uncle Sam, no último dia do mês de Fevereiro em 2009.

Uncle Sam inicialmente declarou a guerra por inúmeras razões listadas no artigo "Take us to Meh-hee-co (Levem-nos ao Mee-hee-co)", falando que os EUA tinham a intenção de "livrar" ou "libertar" o México de uma tentativa de takeover feita por Poloneses.

Os Estados Unidos pegaram fogo por diversos motivos nessa declaração de guerra. A primeira foi que eles não notificaram a própria aliança seu intento de invador o México, o que terminou com vários países pedindo que os EUA pagassem uma multa à ATLANTIS por violtar o seu acordo interno. A outra foi que o México sempre foi uma nação pacífica e não tinham participado de nenhuma operação em nenhum lugar do Novo Mundo.

O Presidente Uncle Sam pediu ao congresso para declarar guerra ao México em 26 de Fevereiro. Dois dias depois, ataques foram iniciados em Baja, Northeast of Mexico, e Northwest of Mexico. Os EUA facilmente invadiram essas regiões. Também houve rumores de que o ataque ao México foi uma campanha de publicidade política que não deu certo.

Vários países assinaram alianças com o México em resposta. A aliança com a Hungria foi tarde para poder ajudar o México nas três primeiras batalhas. Em 7 de Março, os Estados Unidos atacaram Valley of Mexico e Pacific Coast of Mexico. A região Valley of Mexico foi conquistada, assim como foi em seguida Oaxaca. O Brasil assinou uma aliança com o México, seguido pela Itália. Uncle Sam então iniciou um ataque às três últimas regiões mexicanas: Gulf of Mexico, Pacific Coast of Mexico, e Southeast of Mexico, para previnir que a Itália pudesse ter seu MPP ativado na guerra. Mais tarde os EUA mudaram o discurso do ataque dizendo que as razões de tais ataques eram uma resposta aos ataques húngaros à Romênia (mesmo que tenha sido a Romênia quem tinha declarado cada guerra que tinha participado).

Uncle Sam declarou que o ataque continuado era para simplesmente defender a Romênia (algo que ela realmente estava precisando, considerando que não desviaria muito dano), e novamente mudou o seu discurso aqui declarando que eles continuaram para que um MPP com a Itália não pudesse ser ativado a tempo.

Enquanto as batalhas e regiões do México estiveram em disputa, os mexicanos mantiveram sua esperança acreditando que o México voltaria a existir, mesmo que os EUA conseguisse ocupá-lo por um curto tempo. Aconteceram vários apelos na mídia americana pedindo que os mexicanos integrassem à sociedade, mas foram ignorados.

Em 10 de Março, Portugal liderou um ataque da PEACE contra os Estados Unidos em Southeast of Mexico, ajudando o México a evitar desaparecer do mapa. A região Southeast of Mexico caiu, mas os mexicanos e aliados conseguiram assegurar as regiões Gulf e Pacific Coast.

Em 10 de Março, as forças de coalisão da PEACE lideradas por Portugal iniciaram a Operação Tequila Sunrise em apoio ao México. As forças americanas foram expulsas de Southeast of Mexico no dia seguinte e logo depois atacaram Oaxaca. Com sorte, México retomou a região de Northwest of Mexico em 12 de Março. Baja foi recuperada no dia seguinte, enquanto Portugal avançou avançou através de Oaxaca e Valley of Mexico. O último território sob controle americano, Northeast of Mexico, foi abandonado no dia 15.

Os EUA pediram um acordo de cessar-fogo que lhes permitiria iniciar guerras de resistência como guerras-treino por várias semanas. O acordo foi aceito e os Americanos reocuparam Baja com esse propósito. O acordo durou até o começo de Maio, quando Baja foi retornada ao México e o tratado de paz entre as duas nações foi assinado no dia 4 de Maio.

Batalhas

Data Ação Resultado
28 Fev 2009 EUA ataca Baja Vitória americana
1 Mar 2009 EUA ataca Northwest of Mexico Vitória americana
1 Mar 2009 EUA ataca Northeast of Mexico Vitória americana
7 Mar 2009 EUA ataca Valley of Mexico Vitória americana
9 Mar 2009 EUA ataca Oaxaca Vitória americana
10 Mar 2009 EUA ataca Pacific Coast of Mexico Vitória mexicana
10 Mar 2009 EUA ataca Gulf of Mexico Vitória mexicana
10 Mar 2009 EUA ataca Southeast of Mexico Vitória americana
12 Mar 2009 México ataca Northwest of Mexico Vitória mexicana
13 Mar 2009 México ataca Baja Vitória mexicana